CIDADES
Sertanense mede o volume da chuva há 30 anos
   
Fato que marcou Luiz é que a cada ano as chuvas estão diminuindo

Por Redação, Tribuna Getuliense
12/01/2022 14h22

O agricultor sertanense Luiz Anversa, popularmente conhecido como o “homem da chuva” visitou a redação do Tribuna e trouxe consigo sua planilha de anotação para computar mais um ano do período pluviométrico registrado em sua propriedade, que fica localizada no interior do municipio de Sertão, na comunidade de São José.

Luiz Anversa mede o volume da chuva em sua propriedade há 30 anos. Ele possui uma planilha de anotações, onde consta a precipitação pluviométrica de todos os meses do período de 1992 até 2021, com a soma total de cada ano.

Analisando o controle feito por Luiz, o ano de 2014 foi o ano que mais choveu, totalizando 2.751mm. O menor volume aconteceu em 2012, quando choveu apenas 1.640mm. Em 2021 o volume das chuvas ficou parecido com o ano de 2012, com uma diferença positiva de 21 mm. Em 2012 também deu uma estiagem branda que castigou a agricultura e a pecuária, como aconteceu neste último ano. Um fato que marcou Luiz é que a cada ano, as chuvas estão diminuindo e está chovendo bastante nas épocas que não precisaria e quando precisa, está faltando.

Confira na tabela na galeria de imagem abaixo com os registros da chuva realizados por Luiz Anversa durante 30 anos: 


Download Imagem 1

   

  

menu
menu