ESPECIAL
Dr. Camões Tagliari: quatro décadas de dedicação à saúde da população
   
Ele é de uma das famílias que ajudaram a construir a história do município

Por Redação, Nilton Carlos Pergher, Tribuna Getuliense
05/05/2021 18h58

Em quatro décadas de dedicação à saúde da população, o médico estaçonense Camões Tagliari já salvou a vida de muitas pessoas, curou a dor e aliviou o sofrimento, trazendo de volta a esperança e a alegria de inúmeras famílias. 
Muitas vezes não nos damos conta da importância de um médico, e só valorizamos o seu trabalho no momento que nos sentimos  enfermos e precisamos de alguém que saiba lidar com aquela situação para que possamos seguir adiante.  
O conhecimento sobre cada doença e a firmeza das mãos na hora de uma cirurgia, podem ser decisivos entre a vida e a morte de uma pessoa.  
O estaçonense Camões é, sem dúvida, uma referência regional em termos de medicina, orgulho  de uma família tradicional que ajudou a construir a história dessa terra em diferentes áreas de atuação.
O filho que optou ser médico e salvar vidas, abdicou muitas horas de seu lazer e convívio familiar, primeiramente para estudar e depois para exercer o trabalho que escolheu, o qual não oferece, muitas vezes, a opção de dia e horário para ser executado.
Assim, Dr. Camões Tagliari vem trilhando essa história há mais de 40 anos. Sua decisão de ser médico veio, conforme ele próprio, vendo de perto a prática de outros profissionais, auxiliando em cirurgias, durantes suas férias da Faculdade de Veterinária.
De acordo com Camões, na época seu pai era diretor do Hospital Santo Antônio, e desta forma foi adquirindo interesse pela Medicina e, em 1973 concluiu o curso de Veterinária. 
Já em 1974 iniciou a Faculdade de Medicina na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), após vencer o grande desafio de ser aprovado no vestibular extremamente concorrido.

Caderno Especial Estação 33 anos - Parte 01
Caderno Especial Estação 33 anos - Parte 02

Sua formatura ocorreu em 1979, quando foi a Porto Alegre para mais uma etapa, que seria a sua residência médica, realizada no Hospital Conceição, com especialização em Cirurgia Geral.
Após estar pronto para exercer sua nova função, preferiu retornar a Estação por dois motivos: ser a sua terra natal e a convivência familiar.
A partir daí e até os dias atuais, Camões encarou todos os desafios impostos a sua profissão, sem nunca esmorecer em nenhum momento, construindo assim uma história que tem um significado muito importante na vida de inúmeras pessoas, que foram salvas  ou curadas por suas mãos, ou que se tratam para combater suas doenças.
No momento atual, em que convivemos com a pandemia da Covid-19, Dr. Camões comenta que devemos manter hábitos de higiene, distanciamento controlado, evitar aglomerações, usar máscara, alimentação saudável e aconselha procurar tratamento precoce (vacinação).
Camões complementa dizendo que não podemos perder as esperanças e vamos vencer essa pandemia.
Parabéns aos estaçonenses pelo 33º aniversário de emancipação. 


   

  

menu
menu